Tenho 30 anos, sou solteira e sou soropositiva desde 2003, fiquei desesperada quando fiquei sabendo da doença porque moro com o meu pai e como falar sobre isso com ele, tive um amor no passado de quem adquiri a doença, mas nosso relacionamento não deu certo não por minha parte, porque até hoje me pego a pensar nele.

Eu participo da Casa Mulher e Vida há 5 anos, conheci muitas pessoas e quero me amar aprendi com todos que tenho que aumentar a minha auto estima.

Obrigado a todos, principalmente a Deus.

 

 

 

— Este depoimento foi transcrito exatamente da maneira que foi escrito —