Sou viúva , tenho 41 anos, moro sozinha não tenho filhos. Não saio para passear, vivo em casa só na solidão, só saio nas quintas feiras para ir na Casa Mulher e Vida e lá eu me divirto bastante é só isso que me distrai. Não tenho família, ela me abandonou só porque eu tenho HIV, vivo na solidão, a minha família é muito esquisita comigo, só quando fico doente que eles me socorrem de verdade, mas mesmo assim é muito difícil viver desse jeito na solidão.

Desde já eu termino esta com muita tristeza no coração.

 

 

 

— Este depoimento foi transcrito exatamente da maneira que foi escrito —